sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Desafio 30 assuntos para lolitas iniciantes: 21º ao 23º assunto

21 - O que eu aprendi sobre "ita".

não gosto deste termo, mas é uma forma de se referir a alguém que insiste incansavelmente em afirmar estar usando lolita e não estar de fato.

usar full out não lolita ou peças não lolita de qualidade ruim e afirmar estou usando um out lolita, se inspirar em lolita ou fazer uma releitura da moda lolita difere de usar lolita e fazer afirmações infundadas somente por esse out externalizar seu gosto pessoal é incorreto e só gera dúvidas e confusões para aspirantes ou mesmo outros que não conhecem a moda fazer generalizações, ou seja, uma ação aparentemente inocente e isolada pode gerar transtornos aos demais.

ainda sobre qualidade, tecidos e rendas de qualidade fazem sim toda a diferença para a estética lolita.

pode usar cetim? tecidos lustrosos não são proibidos, mas tecidos de pouca qualidade sim, ou seja, se for cetim de otima qualidade use sem receio.

a la mode lolia e full out lolita são conceitos estéticos diferentes. Assim como crossover lolita com outras j-fashions aplica-se o mesmo conceito, ou seja, precisa compreender essa diferenciação.

não coordenar com harmonia. 
criatividade, sim, mas com significado, tema estabelecido, na qual, os elementos que compoe o outfit "conversam" entre si.

22 - Desistir: Já pensei nisso? Quando e por que?
Sim e não. Quando? esse ano (após mais de 1 ano usando lolita e a la mode) porque gosto mais de mori girl e por isso pensei em parar de investir em lolita e guardar apenas 1 ou 2 outs para ir aos meetings, mas apenas pensei, não pretendo colocar a ideia em prática por enquanto.

23 - Lolita não é só roupa: o que eu entendo sobre maquiagem, cabelo e coordenar peças.
entendo razoavelmente mas dificilmente coloco em prática, no caso de maquiagem e cabelo. quanto a coordenar, tenho um pouco mais de facilidade, certamente isso foi resultado de muita pesquisa, mas ainda assim, tenho muito a aprender.

Nenhum comentário:

Postar um comentário